Geração 68 em movimento: dia 2 vamos às ruas contra Bolsonaro, para salvar o Brasil
Geração 68 em movimento: dia 2 vamos às ruas contra Bolsonaro, para salvar o Brasil

Geração 68 em movimento: dia 2 vamos às ruas contra Bolsonaro, para salvar o Brasil

O ato Fora Bolsonaro deste 2 de outubro retoma com força, e de forma ampliada, as manifestações que se iniciaram em maio. Agora conta com o apoio de 21 partidos e diversas lideranças e novas entidades, centrais e coletivos, o que traz uma nova guinada para a conjuntura e cria condições concretas para a deposição do presidente. 

Os atos #ForaBolsonaro já foram confirmados em mais de 250 cidades brasileiras e 16 países, cresce a mobilização contra o genocida

Neste sábado, devemos mover todos os esforços, acionar nossas áreas de influência, e em milhões, por todo o Brasil, nos levantarmos contra essa destruição que está em curso, deter o golpe violento, e salvar a democracia. 

Temos acompanhado as revelações da CPI da Covid19, e cada novo depoimento escancara um plano negacionista do presidente Jair Bolsonaro e seus cúmplices que condenaram centenas de milhares de brasileiros à morte. Já estamos às vésperas de atingir a cifra de 600 mil mortos pela doença. 

Se avolumam as provas de que um gabinete paralelo, a Prevent Senior, o Conselho de Medicina e aliados criaram o tratamento criminoso com cloroquina e outras drogas para induzir a população a não se proteger e manter a economia “normal”.

A comprovação desse conluio foi revelada pela CPI que caminha para um relatório devastador comprovando crimes de responsabilidade e contra a Humanidade. Essas revelações aumentam a revolta popular que cresce pelo fim desse desgoverno e trazem muitas forças para a oposição em defesa do Impeachment, que ganha novo fôlego a partir do arrego do genocida após o 7 de setembro. 

Os atos #ForaBolsonaro já estão confirmados em mais de 250 cidades brasileiras e 16 países. E o movimento não para de crescer. Em São Paulo, o ato terá caráter nacional, e conta com a adesão de 21 partidos políticos. 

Vamos às ruas para salvar o Brasil e frear o retrocesso! 

Deixe uma resposta